1. O advogado deve recusar o patrocínio de pleitos contrários à justiça, ao de-

coro ou à própria consciência.



2. Deve poupar aos clientes gastos excessivamente supérfluos.


3. Não deve utilizar, nos processos sob seu amparo, meios ilícitos ou injustos.


4. Tratar das causas como se fossem suas.


5. Não poupar trabalho nem tempo para obter a vitória da causa sob seus cuidados.


6. Não aceitar trabalhos além dos que seu tempo lhe permita.


7. Amar a justiça e a honra como a menina de seus olhos.


8. Indenizar o cliente dos prejuízos que, por culpa sua, porventura, venha ele a sofrer.


9. Ser se.mpre verdadeiro, sincero e lógico.


10. Implorar a Deus ajuda para o êxito de suas demandas, pois ele é o primeiro protetor da justiça.